Uma cena um tanto incomum chamou a atenção de motoristas e pedestres que passavam pela Rua Venâncio Aires, em Santa Maria, no começo da tarde desta quinta-feira. Acostumados a disputar espaço com os carros as vagas dos parquímetros, os condutores se depararam com um meio de transporte diferente. Um cavalo estava amarrado a uma placa indicativa do estacionamento pago. E o mais curioso, com um tíquete dos parquímetros, garantindo sua permanência por pelo menos uma hora.

O dono do animal é o aposentado Dalton Luiz Zappe, 56 anos. Morador do distrito de Boca do Monte, ele resolveu vir até a cidade para almoçar com a sua filha, Larissa Zappe, para comemorar seu aniversário.

Apesar de ter comprado o tíquete, Zappe diz ter sido incomodado por outros motoristas.

— Muitos buzinavam querendo a minha vaga, mas eu estava pagando, mostrei o comprovante — justifica.

Anúncios

Outubro 2010

21 de Outubro de 2010

intervenção na Sarmento Leite, dia 20 de outubro 2010

Continuamos com as nossas ideias e práticas de Vaga Viva. Ontem, dia 20 de outubro, o tapete verde esteve na rua Sarmento Leite, entre as faculdades de Arquitetura, Direito, Medicina. É isso mesmo, nada de se render para as vagas mortas, leia-se um série de objetos de plástico e metal que ocupam todas as laterais de ruas e avenidas que já estão super lotadas. Temos que pensar e usar bicicletas e outros meios que não os transportes automotivos poluentes e individuais. Como disse Enrique Peñalosa, ex-prefeito de Bogotá, “Políticas de promoção para o uso de bicicletas estão sendo implantadas nas principais cidades do mundo. No centro de Londres, qualquer viagem com menos de 5 quilômetros de distância é mais rápida de bike do que por qualquer outro meio. Além disso, uma ciclovia protegida mostra que um cidadão em uma bicicleta de R$ 100,00 é tão importante quanto outro em um carro de R$ 100.000,00.”

dia 20 de outubro de 2010

Ficar conversando próximo ao chão da cidade foi novamente uma experiência interessante. Algumas coisas foram parecidas com a primeira intervenção, outras bem diferentes. Podemos dizer q a sujeira que se torna visível, assim como o ambiente bacana entre amigos que estão junto contigo estão entre as coisas que mantiveram-se. Já o barulho de uma avenida movimentada, lembramo-nos de que o desafio de alterar a lógica dos meios de transporte é grande.